Partido Popular Suíço

Disambig grey.svg Nota: Se procura o partido político italiano, veja União dos Democratas-Cristãos e Democratas de Centro.
União Democrático do Centro
Partido Popular Suiço

Schweizeirische Volkspartei
Union Democrátique du Centre
Unione Democratica di Centro
Partida Populara Svizra
PresidenteAlbert Rösti
Vice-PresidentesThomas Aeschi,
Céline Amaudruz,
Oskar Freysinger
Membros no
Conselho Federal
Ueli Maurer,
Guy Parmelin
Fundação22 de setembro de 1971
SedeSpitalgasse 34 CH-3001, Berna, Suíça
IdeologiaNacionalismo[1]
Conservadorismo[2][3]
Populismo de direita[4][5][6]
Agrarianismo[7][8]
Liberalismo económico[3]
Euroceticismo[9]
Isolacionismo[10]
Oposição à imigração[11]
Espectro políticoDireita[12] a Extrema-direita[13][14][15][16]
Ala jovemPPS jovem
Ala LGBTGaySVP[17]
Membros  (2015)90 000[18]
Conselho
Federal
2 / 7
Conselho
dos Estados
5 / 46
Conselho
Nacional
64 / 200
Executivos
Cantonais
23 / 154
Assembleias
Cantonais
589 / 2 609
Executivos
Comunais
151 / 1 146
Assembleias
Comunais
824 / 5 403
CoresVerde
Página oficial
https://www.svp.ch/partei/

A União Democrática do Centro ou Partido Popular Suíço (em francês, Union démocratique du centre, UDC; em italiano, Unione Democratica di Centro, UDC; em alemão, Schweizerische Volkspartei, SVP, e, em romanche, Partida Populara Svizra, PPS, sendo que, nos dois últimos casos, a tradução literal é "partido popular suíço") é um partido político da Suíça, ideologicamente conservador e economicamente liberal.

História

Origem

Foi fundado em 1971, resultante da fusão do Partido dos Agricultores, Artesãos e Comerciantes, mais conhecido como Partido Agrário, com os partidos Democratas dos cantões de Glarus e Grisões.

Ascensão

Desde sua fundação até 1991, o SVP sempre teve sua votação na casa dos 11%, sendo sempre o quarto partido da Federação Suíça. Porém, a partir dos anos 1990, apoiado em um discurso mais contundente, o partido obteve ganhos extraordinários a cada eleição, até se tornar o maior partido em 2003 e obter a maior votação já alcançada por um partido político em toda história helvética, ao atingir 28,9% em 2007.[19]

En otros idiomas