Jimmy Page

Jimmy Page
OBE
Jimmy Page em 1973.
Informação geral
Nome completoJames Patrick Page
Nascimento9 de janeiro de 1944 (74 anos)
OrigemHeston, Inglaterra
País Reino Unido
Gênero(s)Hard rock, heavy metal, blues-rock, rock and roll, folk rock
Instrumento(s)guitarra, violão, bandolim, baixo, sitar, dobro, banjo, harmônica, piano, teclado, teremim
Modelos de instrumentosGibson Les Paul, Gibson Double Neck, Danelectro Shorthorn, Fender Stratocaster
Período em atividade1962–presente
Gravadora(s)Atlantic, Swan Song, Geffen, Fontana, Mercury
Afiliação(ões)The Yardbirds
Led Zeppelin
The Honeydrippers
The Firm
XYZ
Jeff Beck,
Eric Clapton
Band of Joy
Página oficialwww.jimmypage.com

James Patrick "Jimmy" Page OBE (Heston, 9 de janeiro de 1944) é um músico, produtor musical e compositor inglês, que alcançou sucesso internacional como guitarrista da banda de rock Led Zeppelin.

Começou sua carreira como músico de estúdio em Londres e, em meados da década de 1960, tornou-se o guitarrista de sessão mais procurado na Inglaterra. Foi membro dos Yardbirds de 1966 até 1968, e posteriormente fundou o Led Zeppelin, em 1968.

Page é amplamente considerado como um dos maiores e mais influentes guitarristas de todos os tempos.[1][2][3] A revista Rolling Stone o descreveu como o "pontífice do poder dos riffs" e classificou-o em terceiro lugar na lista dos "100 Maiores Guitarristas de Todos os Tempos". em 2010 foi classificado em segundo lugar na lista dos "50 Melhores Guitarristas de Todos os Tempos". Ele foi introduzido duas vezes no Rock and Roll Hall of Fame: uma como um membro dos Yardbirds, em 1992, e uma segunda vez como um membro do Led Zeppelin, em 1995. Page foi uma inspiração para o estilo de guitarra descendente do guitarrista Johnny Ramone, dos Ramones.[4] Ramone descreveu Page como "provavelmente o maior guitarrista que já existiu". Page foi descrito pela Uncut como "o maior e mais misterioso herói da guitarra no rock". A revista Los Angeles Times considerou Jimmy Page como o segundo maior guitarrista de todos os tempos.

Primeiros anos

Jimmy Page nasceu em 9 de janeiro de 1944, no subúrbio de Heston, em Middlesex, Londres, que hoje faz parte do Borough londrino de Hounslow. Filho único de James Patrick Page, um gerente industrial, e Patricia Elizabeth Page (nascida Gaffikin), uma secretária pessoal de um médico e cuja família tinha descendência irlandesa.[5] Em 1952 eles se mudaram para Feltham, e depois novamente para Miles Road, Epsom, em Surrey, que foi onde Page se deparou com sua primeira guitarra. "Eu não sei se a guitarra foi deixada para trás pelos donos da casa antes de nós, ou se era um amigo do casal. Ninguém parecia saber por que ele estava lá".[6] Page começou a tocar o instrumento com 12 anos,[7] ele tomou algumas aulas nas proximidades de Kingston, mas em grande parte ele aprendeu tudo sozinho:

Entre as suas primeiras influências estavam os guitarristas de rockabilly, Scotty Moore e James Burton, que tinham tocado juntos em uma gravação de Elvis Presley. A canção "Baby Let's Play House", de Presley, é citado por Page como sua inspiração para tocar guitarra.[9] Embora ele tivesse aparecido na BBC1, em 1957, com uma Hofner President, afirmou que a sua primeira guitarra foi uma Futurama Grazioso 1959 de segunda-mão, mais tarde substituída por uma Fender Telecaster.[10] Seus gostos musicais incluíam o skiffle (um gênero musical inglês popular na época) e tocar o folk acústico, e os sons de blues de Elmore James, B. B. King, Otis Rush, Buddy Guy, Freddie King e Hubert Sumlin.[11] "Basicamente, esse foi o início: a mistura entre o rock e o blues."[9]

Aos 13 anos, Page participou do show de talentos All Your Own de Huw Wheldon em um quarteto de skiffle, um desempenho que foi ao ar na BBC1 em 1957. O grupo tocou "Mama Don't Want to Skiffle Anymore" e outra canção típica americana, "In Them Ol' Cottonfields Back Home". Quando perguntado por Wheldon o que ele queria fazer depois da escolaridade, Page disse: "Quero fazer pesquisa biológica" para encontrar uma cura para o "câncer, se não for descoberto até então."[12] Em uma entrevista à revista Guitar Player, o músico afirmou que "no início, tocava-se muitas vezes nas ruas, mas, como se dizia, tive que me adaptar e aprendi muito com isso, mas foi uma boa escola."[9] Pegava uma guitarra da escola todos os dias só para tê-la confiscada e devolvida a ele depois da aula.[13] Embora entrevistado para um emprego como assistente de laboratório, finalmente escolheu deixar a Danetree Secondary School, em West Ewell, para perseguir a música.[13]

Inicialmente, teve dificuldades em encontrar outros músicos com quem pudesse tocar regularmente. Ele disse: "Não era como se houvesse uma abundância. Eu costumava tocar em muitos grupos ... qualquer um que eu conseguisse um show junto, sério."[10] Após passagens como músico de apoiando do poeta Beat Royston Ellis no Mermaid Theatre entre 1960 e 1961,[14] e o cantor Red E. Lewis, ele foi convidado pelo músico Neil Christian para fazer parte de sua banda, The Crusaders, depois de vê-lo com quinze anos de idade tocando em um salão local.[10] Page excursionou com Christian durante aproximadamente dois anos e depois tocou em várias de suas gravações, incluindo o single "The Road to Love", de 1962.[15]

Durante seu período com Christian, Page ficou gravemente doente com febre glandular (mononucleose infecciosa), e não pôde continuar em turnê.[16] Enquanto se recuperava, decidiu colocar sua carreira musical em espera e se concentrar em sua outra paixão, a pintura, e matriculou-se na Sutton Art College em Surrey. Em uma entrevista em 1975, disse que estava "viajando o tempo todo em um ônibus por dois anos depois que deixei a escola. Tanto que estava começando a ficar realmente bom. Mas estava ficando doente, então voltei para a faculdade de arte. E isso foi uma mudança total de direção. Estava tão dedicado a tocar guitarra, eu sabia fazê-lo de tal maneira que estava me moldando para sempre. A cada dois meses eu tinha febre glandular. Assim, pelos próximos 18 meses, eu estava vivendo com dez dólares por semana obtendo minha força. Mas eu ainda estava tocando."[16]

En otros idiomas
العربية: جيمي بيج
asturianu: Jimmy Page
беларуская (тарашкевіца)‎: Джымі Пэйдж
български: Джими Пейдж
bosanski: Jimmy Page
català: Jimmy Page
čeština: Jimmy Page
dansk: Jimmy Page
Deutsch: Jimmy Page
Ελληνικά: Τζίμι Πέιτζ
English: Jimmy Page
Esperanto: Jimmy Page
español: Jimmy Page
eesti: Jimmy Page
فارسی: جیمی پیج
suomi: Jimmy Page
français: Jimmy Page
Gaeilge: Jimmy Page
Gàidhlig: Jimmy Page
galego: Jimmy Page
हिन्दी: जिमी पेज
hrvatski: Jimmy Page
magyar: Jimmy Page
Հայերեն: Ջիմի Փեյջ
Bahasa Indonesia: Jimmy Page
íslenska: Jimmy Page
italiano: Jimmy Page
ქართული: ჯიმი პეიჯი
한국어: 지미 페이지
Latina: Iacobus Page
lietuvių: Jimmy Page
latviešu: Džimijs Peidžs
Malagasy: Jimmy Page
македонски: Џими Пејџ
Nederlands: Jimmy Page
norsk nynorsk: Jimmy Page
norsk: Jimmy Page
polski: Jimmy Page
Runa Simi: Jimmy Page
română: Jimmy Page
русский: Пейдж, Джимми
Scots: Jimmy Page
srpskohrvatski / српскохрватски: Jimmy Page
Simple English: Jimmy Page
slovenčina: Jimmy Page
slovenščina: Jimmy Page
shqip: Jimmy Page
српски / srpski: Џими Пејџ
svenska: Jimmy Page
Türkçe: Jimmy Page
українська: Джиммі Пейдж
Tiếng Việt: Jimmy Page
Winaray: Jimmy Page
粵語: 占美皮治