Heliópolis (Egito)

Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser acadêmico)
Iunu, jwnw (Heliópolis)
em hieroglifos é
O28W24
O49

Heliópolis era o nome que os gregos antigos davam à cidade egípcia de Iunu (jwnw) ou Iunet Mehet (traduzido do egípcio antigo, "O Pilar" ou "Pilar do Norte"). Capital do XIII nomo do Baixo Egipto, foi uma das cidades mais importantes do ponto do vista religioso e político, durante a época do Império Antigo. Situa-se a cerca de 10 km a noroeste da actual cidade do Cairo. A cidade existia já na Época Tinita, tendo recebido grandes projectos de construção no Império Antigo e no Império Médio. Hoje em dia, esta cidade está praticamente destruída. A divindade principal da cidade era o deus solar , que era adorado no templo principal da cidade.

Topónimo

Heliópolis é uma palavra com origem na língua grega, significando "cidade do sol", pela junção de hélios (sol)[1] e pólis (cidade)[2].

En otros idiomas
العربية: أون
čeština: Iunu
dansk: Iunu
Deutsch: Heliopolis
Ελληνικά: Ηλιούπολις
Esperanto: Heliopolo
español: Heliópolis
euskara: Heliopolis
فارسی: هلیوپلیس
suomi: Heliopolis
galego: Heliópolis
עברית: און
hrvatski: Heliopolis
magyar: Héliopolisz
Bahasa Indonesia: Heliopolis (Mesir kuno)
íslenska: Helíópólis
italiano: Eliopoli
ქართული: ჰელიოპოლისი
lietuvių: Heliopolis
norsk: Heliopolis
occitan: Iono
srpskohrvatski / српскохрватски: Heliopolis (drevni)
Simple English: Heliopolis (ancient)
slovenčina: Iunu
slovenščina: Heliopolis
Tagalog: Heliopolis
Türkçe: Heliopolis
українська: Геліополь (Єгипет)
اردو: عين شمس
Tiếng Việt: Heliopolis (Ai Cập)