Coro (Venezuela)

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Coro, veja Coro (desambiguação).
Coro
Coro 0035.jpg
EstadoFalcón
MunicípioMiranda
População (2001)159.000 habitantes
Cidade da Venezuela Flag of Venezuela.svg

Coro ou Santa Ana de Coro é a capital do estado de Falcón e do município Miranda, na Venezuela. Se encontra ao sul da península de Paraguaná, ladeada pelos Médanos de Coro ao norte, y a Serra de Coro ao sul, a poucos quilómetros está o porto La Vela de Coro no mar Caribe.

Coro é zona de turismo, contando com um centro histórico (declarado patrimônio da Humanidade pela UNESCO) e o Parque Nacional dos Médanos de Coro, conhecido pelas dunas e salinas que se encontram no istmo da península de Paraguaná.

História

A cidade foi fundada o 26 de julho de 1527 por Juan de Ampíes. Foi a primeira cidade da Venezuela e a sua primeira capital.

Ampíes fez um pacto para respetar a autoridade do Cacique Manaure quem era a máxima autoridade dos indígenas da regiao, os Caquetíos, este pacto rompe-se abruptamente em 1529 com a chegada do primeiro Governante e Capitao Geral Ambrosio Alfinger em representacao dos Welser, comerciantes, a quems a coroa espanhola entregou a Província Venezuela para exploracao, fundacao de cidades e explotacao dos recursos naturais. Este grande território compreendía desde o Cabo de La Vela (na península Guajira) até Maracapana (Perto da cidade Barcelona). O mandato dos Welser acabou no ano 1545 a causa do descumprimento do contrato e pela luta de interesses entre éstes e os espanhois.


Abolição da escravidão

Em 1875 ocorre uma revolta de escravos, e em geral das classes dominadas na Serra de Coro, liderada por José Leonardo Chirino, mulatos livres, que tinha como objetivo a eliminação da escravidão eo estabelecimento do regime republicano conhecido para o tempo como "o francês". O movimento, que seria a precursora no processo de independência, acabou em derrota, e com a captura e morte do líder insurgente.


Antes da guerra da Independência

Em 1806, desembarcou no porto de La Vela de Coro a expedição Libertadora comandada por Francisco de Miranda, precursor da independência latino-americana ele foi quem traria a bandeira tricolor que, após o ano acabar, adopta a Grã-Colômbia, que é agora a base para a bandeira oficial de três repúblicas americanas, Colômbia, Venezuela e Equador. Foi então no porto de La Vela de Coro, onde a bandeira foi içada pela primeira vez.

Guerra da independência

A Guerra de Independência e depois as guerras civis do século XIX (incluindo a Guerra Federal, que começou em Coro) deixaram a cidade despovoada e destruíram seu campo, que atirou em um período de declínio que lentamente se iria recuperar dentro do século XX, com a construção de refinarias de petróleo na península de Paraguaná e mudanças na Venezuela de um país rural para um urbano e do petróleo.


En otros idiomas
aragonés: Coro (Venezuela)
čeština: Coro
Deutsch: Coro
Esperanto: Coro (Venezuelo)
suomi: Coro
Na Vosa Vakaviti: Coro
français: Coro
hrvatski: Coro
Հայերեն: Կորո
Bahasa Indonesia: Coro, Venezuela
한국어: 코로 (도시)
Кыргызча: Коро шаары
Latina: Corum
Nederlands: Coro
norsk: Coro
Papiamentu: Coro
polski: Coro
Runa Simi: Coro (Winisuyla)
română: Coro, Venezuela
русский: Коро
srpskohrvatski / српскохрватски: Coro, Venezuela
slovenčina: Coro
svenska: Coro
Türkçe: Coro
українська: Санта-Ана-де-Коро
Tiếng Việt: Santa Ana de Coro
Volapük: Coro
Winaray: Coro