Circuito de Mônaco

Mónaco Circuito de Mônaco[1]
Circuit de Monaco
Monte Carlo Formula 1 track map.svg
Mapa do circuito.
Informações da corrida
LocalizaçãoMontecarlo, Mônaco
Voltas78
Percurso3.337 km (2.073 mi)
Total260.286 km (161.734 mi)
Curvas19
PoleAustrália Daniel Ricciardo
Red Bull-TAG Heuer V6 Turbo
1min 10s 810
2018
Volta mais rápida
na prova
Países Baixos Max Verstappen
Red Bull-TAG Heuer V6 Turbo
1min 14s 260
2018
Anos disputados75 (64 oficial)
Primeira disputa1929
Última disputa2018
Maior vencedor (pilotos)Brasil Ayrton Senna (6)
Maior vencedor (equipe)Reino Unido McLaren (15)
Última corrida (2018):
Pole Position
PilotoAustrália Daniel Ricciardo
Red Bull-TAG Heuer V6 Turbo
Tempo1min 10s 810
Volta mais rápida
PilotoPaíses Baixos Max Verstappen
Red Bull-TAG Heuer V6 Turbo
Tempo1min 14s 260
Pódio
PrimeiroAustrália Daniel Ricciardo
Red Bull-TAG Heuer V6 Turbo
1h 42min 54s 807
SegundoAlemanha Sebastian Vettel
Ferrari V6 Turbo
+7s 336
TerceiroReino Unido Lewis Hamilton
Mercedes V6 Turbo
+17s 013

O Circuito de Mônaco (em francês:Circuit de Monaco) é um circuito de rua na cidade de Montecarlo, no Principado de Mônaco, mais conhecido por sediar anualmente o Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1. A ideia de um Grand Prix nas ruas inclinadas do Mônaco partiu de Anthony Noghes, presidente do automóvel clube Monegasque e amigo pessoal da Família Grimaldi. A corrida inaugural teve lugar em 1929 e foi ganha por William Grover-Williams da Bugatti.

Pista

Grampo do Hotel Fairmont.

O circuito é muito estreito, tem curvas apertadas e muitas mudanças de nível o que o torna provavelmente o circuito mais difícil do Campeonato de Fórmula 1. Tem a curva mais lenta em F1 (a curva do Grand Hotel que deve ser feita a 50 km/h, e que também é a mais apertada da Formula 1[2]) e uma das mais rápidas (a secção plana no túnel que é feita a 260 km/h) que melhor ilustram a sua dificuldade. As características apertadas e ziguezagueantes do circuito requerem a habilidade dos pilotos no que diz respeito à velocidade dos carros. Uma vez que as oportunidades de ultrapassagem são quase inexistentes durante a corrida, o resultado do Grande Prêmio depende muito da posição na tabela obtida durante a qualificação e a estratégia de paragem aplicada. Para se ter uma ideia de sua dificuldade, apenas metade da volta, é feita em aceleração máxima.[3]

Túnel do circuito.

Devido à sua natureza difícil, o Grande Prêmio do Mônaco foi sempre um dos destaques da época. Este Grande Prêmio é indiscutivelmente a corrida do ano que todos os pilotos sonham ganhar e todos os fãs de F1 querem ver ao vivo.

Curiosamente, com exceção do atual trecho da piscina, com suas quatro curvas, introduzido em 1973, o traçado de 3.337 metros é, basicamente, o mesmo que no dia 14 de abril de 1929 recebeu o I GP de Mônaco.[4]

Com apenas 3,337km de perímetro, o Circuito de Montecarlo é o mais curto do calendário da Formula 1. Como consequência, é o que mais voltas tem, 78, pelo que a corrida tem 260.268km.[3] Além disso, os 210 metros que separam a grelha de partida da primeira curva, representam a distância mais curta do calendário entre um grid e uma primeira curva.[3]

En otros idiomas