Bloqueador beta-adrenérgico

Representação da molécula de propranolol, o primeiro beta-bloqueante disponível para tratamento médico

Os bloqueadores beta-adrenérgicos ou betabloqueadores são uma classe de fármacos que têm em comum a capacidade de bloquear os receptores β (beta) da noradrenalina. Possuem diversas indicações, particularmente como antiarrítmicos, anti-hipertensores e na protecção cardíaca após enfarte do miocárdio.

História

Os beta bloqueadores foram descobertos por Sir James Black (Imperial Chemical Industries) no Reino Unido em 1962. O protótipo desta classe de medicamentos, o propranolol, foi utilizado para o tratamento da hipertensão arterial em 1964 por Prichard e Gillam. Desde então mais de 24 moléculas diferentes foram disponibilizadas. Rapidamente esta classe de medicamentos ocupou o primeiro lugar na lista dos medicamentos aconselhados para o tratamento da doença coronária, sendo considerados como uma das mais importantes descobertas da farmacologia e da medicina do século XX,[1] destronando os bloqueadores dos canais de cálcio perigosos nestes pacientes pois diminuem o fluxo arterial das regiões subendocáricas do coração.[2]

En otros idiomas
العربية: محصر البيتا
bosanski: Beta blokator
čeština: Beta-blokátor
Deutsch: Betablocker
English: Beta blocker
español: Beta bloqueador
français: Bêta-bloquant
עברית: חוסמי בטא
hrvatski: Beta blokatori
Bahasa Indonesia: Beta blocker
italiano: Betabloccanti
македонски: Бета блокатор
Bahasa Melayu: Beta blocker
Nederlands: Bètablokker
Kapampangan: Beta blocker
română: Beta-blocant
srpskohrvatski / српскохрватски: Beta blokator
Simple English: Beta blocker
српски / srpski: Beta blokator
Türkçe: Beta blokör
українська: Бета-блокатор
Tiếng Việt: Thuốc chẹn beta