4 Minutes

"4 Minutes"
Single de Madonna com a participação de Justin Timberlake e Timbaland
do álbum Hard Candy
Lançamento17 de março de 2008 (2008-03-17)
Formato(s)CD single, download digital, maxi single, vinil
Gravação2007;
Sarm West Studios
(Londres)
Gênero(s)Dance-pop
Duração4:04
Gravadora(s)Warner Bros.
ComposiçãoMadonna, Tim Mosley, Justin Timberlake, Nate Hills
ProduçãoTimbaland, Justin Timberlake, Danja
Cronologia de Madonna
"Jump"
(2006)
"Give It 2 Me"
(2008)
Cronologia de Justin Timberlake
"Summer Love"
(2007)
"Rehab"
(2008)
Cronologia de Timbaland
"Elevator"
(2008)
"Dangerous"
(2008)
Lista de faixas de Hard Candy
"Candy Shop"
(1)
"Give It 2 Me"
(3)

"4 Minutes" é uma canção da cantora estadunidense Madonna, contida em seu décimo primeiro álbum de estúdio Hard Candy (2008). Conta com a participação dos cantores compatriotas Justin Timberlake e Timbaland e foi composta pelos três juntamente com Danja, sendo produzida por Timberlake, Timbaland e Danja. O desenvolvimento da faixa foi motivado por um senso de urgência para salvar o planeta da destruição, e como as pessoas podem se divertir neste processo. A composição foi concluída através de discussões entre Madonna e Timberlake sobre diferentes situações, problemas e relacionamentos. De acordo com a cantora, a música inspirou a produção de seu documentário I Am Because We Are (2008). Inicialmente intitulada "4 Minutes to Save the World", a canção foi gravada nos Sarm West Studios em Londres, enquanto a sua mixagem foi realizada no estúdio The Hit Factory, localizado em Miami. O engenheiro de gravação e mixagem Demacio "Demo" Castellon começou trabalhando nos vocais da faixa, e depois trabalhou nas batidas, enquanto os sintetizadores foram compostos por Timbaland e Danja.

Após ser ilegalmente divulgado na Internet, o tema estreou em 17 de março de 2008 durante um anúncio do shampoo Sunsilk, sendo disponibilizado digitalmente em vários países no mesmo dia, servindo como o primeiro single de Hard Candy, sendo também comercializado em CD single, maxi single e vinil. Diferentes remixes da faixa foram incluídos em aparelhos celulares de diversas marcas, como parte da divulgação global do disco. Musicalmente, "4 Minutes" é uma canção dance-pop de andamento acelerado com influências de gêneros urbanos como o hip hop e apresenta batidas de bhangra, características de Timbaland, enquanto a sua instrumentação inclui metais, sirenes e campana. Liricamente, carrega de uma mensagem de conscientização social, inspirada pela visita de Madonna à África e pelo sofrimento humano testemunhado por ela no continente.

"4 Minutes" obteve análises positivas de críticos musicais, que a descreveram como uma faixa dançante movimentada e elogiaram sua produção e sua composição musical, comparada com as de bandas marciais; a participação de Timberlake foi vista de forma ambivalente, com alguns elogiando sua química com Madonna enquanto outros notaram que ele recebeu maior destaque na canção. Recebeu o prêmio de Record of the Year do gênero inglês dos Premios Oye! e foi indicada a outras diversas premiações, incluindo as categorias de Best Pop Collaboration with Vocals e Best Remixed Recording, Non-Classical nos Grammy Awards de 2009. O tema obteve grande sucesso comercial, liderando as paradas musicais de 21 países, como Alemanha, Austrália, Canadá, Espanha, Itália e Reino Unido. Nos Estados Unidos, "4 Minutes" atingiu um pico na terceira colocação da Billboard Hot 100, dando a Madonna seu 37.º single a classificar-se entre as dez melhores posições na tabela, quebrando o recorde anteriormente detido por Elvis Presley. É a música mais vendida digitalmente da cantora no país, com vendas superiores a 3 milhões de unidades.

O vídeo musical correspondente foi dirigido pelo duo francês Jonas & François e lançado em 3 de abril de 2008 na iTunes Store. A gravação apresenta Madonna e Timberlake cantando e fugindo de uma tela preta gigante que devora tudo em seu caminho. No final do vídeo, Madonna e Timberlake são consumidos pela tela. O projeto recebeu análises mistas de críticos musicais, que elogiaram a química e a dança entre os cantores mas tiveram opiniões divergentes sobre sua produção e conceito, e foi um sucesso em canais televisivos e portais na Internet, recebendo indicações em diversas premiações. "4 Minutes" foi interpretada por Madonna na turnê promocional Hard Candy Promo Tour e na mundial Sticky & Sweet Tour (2008-09). Nesta última, a canção serviu como a abertura do segmento Rave, onde Madonna usava um equipamento robótico futurista. Durante as performances da canção, Timberlake e Timbaland apareceram nos telões e cantaram suas linhas, com ambos participando pessoalmente de alguns concertos. A obra foi usada nos créditos finais do filme Get Smart (2008) e regravada pelo elenco da série musical Glee no episódio "The Power of Madonna", feito em homenagem à cantora e que incluiu diversas canções de sua discografia.

Antecedentes e desenvolvimento

Nós meio que tivemos sessões psicanalíticas quando escrevíamos músicas. Nós sentávamos e começávamos a falar sobre situações. E então começávamos a falar sobre questões, problemas ou relacionamentos com pessoas. Essa era a única maneira, porque escrever canções junto com alguém é muito íntimo. Então, nós tínhamos que encontrar um lugar para começar a falar sobre algo com o qual nos importávamos, assim poderíamos escrever sobre algo com o qual nos importávamos.

—Madonna falando com a Interview sobre as sessões de composição de "4 Minutes".[1]

Após concluir as atividades promocionais de seu décimo disco, Confessions on a Dance Floor (2005), Madonna queria gravar mais músicas dançantes.[2] Quando questionada pelo produtor musical Stuart Price, seu principal parceiro no trabalho anterior, que tipo de música lhe agradava, a cantora respondeu adorar os trabalhos de Justin Timberlake e Timbaland, então decidiu colaborar com eles.[2] Timberlake e Timbaland foram alguns dos vários produtores e artistas conhecidos selecionados para trabalhar com Madonna em seu décimo primeiro álbum, em oposição aos seus projetos anteriores, que contaram com parceiros menos relativamente conhecidos. Em entrevista com a MTV, ela explicou sua decisão de trabalhar com profissionais mais conhecidos: "Porque eles são bons, e eu gosto dos trabalhos deles. (...) Quero dizer, eu não gosto de me repetir, e eu estava sentada pensando, 'Que tipo de música eu amo nesse momento?' E era o álbum FutureSex/LoveSounds [de Timberlake]. (...) Eu estava o ouvindo obsessivamente".[3]

Para a MTV, Timbaland disse que ele e Timberlake desenvolveram dez canções para Madonna e comparou o material produzido com "Lucky Star", uma das primeiras da artista, e com "Ugly", de Bubba Sparxxx, descrevendo o álbum como "'Holiday' com um groove R&B".[4] Das dez faixas elaboradas, cinco fizeram parte do produto final, Hard Candy (2008), nomeadamente "4 Minutes", "Miles Away", "Dance 2Night", "Devil Wouldn't Recognize You" e "Voices".[5] "4 Minutes" foi composta e produzida por Timbaland, Timberlake e Danja e foi uma das últimas a ser produzidas para o disco, tendo recebido o título provisório de "4 Minutes to Save the World".[5][1][6] Em entrevista com a mesma emissora, a intérprete disse que o conceito da canção foi discutido através de discussões com Timberlake e explicou mais detalhadamente o significado da faixa:[7]

Sobre a colaboração com Timberlake, a cantora comentou para a Rolling Stone: "Eu gosto do fraseado dele quando ele escreve músicas. Gosto da abordagem dele. Ele é divertido, mas ao mesmo tempo muito profissional". Ele, por sua vez, disse: "Nós viemos juntos dos vales [trabalhando] e terminamos no topo das montanhas".[8] Madonna esclareceu que sua idade não estava relacionada ao senso de urgência refletido na faixa; em vez disso, era apenas algo que ela tinha em mente por um bom tempo e, com "4 Minutes", esse senso infiltrou-se em sua música.[2] Ingrid Sischy, da revista Interview, disse que a canção parecia uma balada para o mundo, contendo "os sons de uma grande banda marcial. É uma canção dançante gigante".[1] Madonna concordou com Sischy e respondeu que a faixa era "um paradoxo divertido, como se estivéssemos dizendo, 'Estamos ficando sem tempo. Pessoal, acordem'", e serviu como uma das inspirações por trás de seu documentário I Am Because We Are (2008), que trata do sofrimento humano e escassez de alimentos que atinge a nação africana do Malauí, região visitada por Madonna em 2007.[1]

En otros idiomas
azərbaycanca: 4 Minutes
català: 4 Minutes
čeština: 4 Minutes
Ελληνικά: 4 Minutes
English: 4 Minutes
español: 4 Minutes
suomi: 4 Minutes
עברית: 4 Minutes
hrvatski: 4 Minutes
Bahasa Indonesia: 4 Minutes
italiano: 4 Minutes
ქართული: 4 Minutes (სიმღერა)
latviešu: 4 Minutes
Nederlands: 4 Minutes
polski: 4 Minutes
română: 4 Minutes
русский: 4 Minutes
slovenščina: 4 Minutes
shqip: 4 minutes
svenska: 4 Minutes
Türkçe: 4 Minutes
українська: 4 Minutes