4 Minutes

"4 Minutes"
Single de Madonna com a participação de Justin Timberlake e Timbaland
do álbum Hard Candy
Lançamento17 de março de 2008 (2008-03-17)
Formato(s)CD single, download digital, maxi single, vinil
Gravação2007;
Sarm West Studios
(Londres)
Gênero(s)Dance-pop
Duração4:04
Gravadora(s)Warner Bros.
ComposiçãoMadonna, Tim Mosley, Justin Timberlake, Nate Hills
ProduçãoTimbaland, Justin Timberlake, Danja
Cronologia de singles de Madonna
"Jump"
(2006)
"Give It 2 Me"
(2008)
Cronologia de singles de Justin Timberlake
"Summer Love"
(2007)
"Rehab"
(2008)
Cronologia de singles de Timbaland
"Elevator"
(2008)
"Dangerous"
(2008)
Lista de faixas de Hard Candy
"Candy Shop"
(1)
"Give It 2 Me"
(3)

"4 Minutes" é uma canção da cantora estadunidense Madonna, contida em seu décimo primeiro álbum de estúdio Hard Candy (2008). Conta com a participação dos cantores compatriotas Justin Timberlake e Timbaland e foi composta pelos três juntamente com Danja, sendo produzida por Timberlake, Timbaland e Danja. O desenvolvimento da faixa foi motivado por um senso de urgência para salvar o planeta da destruição, e como as pessoas podem se divertir neste processo. A composição foi concluída através de discussões entre Madonna e Timberlake sobre diferentes situações, problemas e relacionamentos. De acordo com a cantora, a música inspirou a produção de seu documentário I Am Because We Are (2008). Inicialmente intitulada "4 Minutes to Save the World", a canção foi gravada nos Sarm West Studios em Londres, enquanto a sua mixagem foi realizada no estúdio The Hit Factory, localizado em Miami. O engenheiro de gravação e mixagem Demacio "Demo" Castellon começou trabalhando nos vocais da faixa, e depois trabalhou nas batidas, enquanto os sintetizadores foram compostos por Timbaland e Danja.

Após ser ilegalmente divulgado na Internet, o tema estreou em 17 de março de 2008 durante um anúncio do shampoo Sunsilk, sendo disponibilizado digitalmente em vários países no mesmo dia, servindo como o primeiro single de Hard Candy, sendo também comercializado em CD single, maxi single e vinil. Diferentes remixes da faixa foram incluídos em aparelhos celulares de diversas marcas, como parte da divulgação global do disco. Musicalmente, "4 Minutes" é uma canção dance-pop de andamento acelerado com influências de gêneros urbanos como o hip hop e apresenta batidas de bhangra, características de Timbaland, enquanto a sua instrumentação inclui metais, sirenes e campana. Liricamente, carrega de uma mensagem de conscientização social, inspirada pela visita de Madonna à África e pelo sofrimento humano testemunhado por ela no continente.

"4 Minutes" obteve análises positivas de críticos musicais, que a descreveram como uma faixa dançante movimentada e elogiaram sua produção e sua composição musical, comparada com as de bandas marciais; a participação de Timberlake foi vista de forma ambivalente, com alguns elogiando sua química com Madonna enquanto outros notaram que ele recebeu maior destaque na canção. Recebeu o prêmio de Record of the Year do gênero inglês dos Premios Oye! e foi indicada a outras diversas premiações, incluindo as categorias de Best Pop Collaboration with Vocals e Best Remixed Recording, Non-Classical nos Grammy Awards de 2009. O tema obteve grande sucesso comercial, liderando as paradas musicais de 21 países, como Alemanha, Austrália, Canadá, Espanha, Itália e Reino Unido. Nos Estados Unidos, "4 Minutes" atingiu um pico na terceira colocação da Billboard Hot 100, dando a Madonna seu 37.º single a classificar-se entre as dez melhores posições na tabela, quebrando o recorde anteriormente detido por Elvis Presley. É a música mais vendida digitalmente da cantora no país, com vendas superiores a 3 milhões de unidades.

O vídeo musical correspondente foi dirigido pelo duo francês Jonas & François e lançado em 3 de abril de 2008 na iTunes Store. A gravação apresenta Madonna e Timberlake cantando e fugindo de uma tela preta gigante que devora tudo em seu caminho. No final do vídeo, Madonna e Timberlake são consumidos pela tela. O projeto recebeu análises mistas de críticos musicais, que elogiaram a química e a dança entre os cantores mas tiveram opiniões divergentes sobre sua produção e conceito, e foi um sucesso em canais televisivos e portais na Internet, recebendo indicações em diversas premiações. "4 Minutes" foi interpretada por Madonna na turnê promocional Hard Candy Promo Tour e na mundial Sticky & Sweet Tour (2008-09). Nesta última, a canção serviu como a abertura do segmento Rave, onde Madonna usava um equipamento robótico futurista. Durante as performances da canção, Timberlake e Timbaland apareceram nos telões e cantaram suas linhas, com ambos participando pessoalmente de alguns concertos. A obra foi usada nos créditos finais do filme Get Smart (2008) e regravada pelo elenco da série musical Glee no episódio "The Power of Madonna", feito em homenagem à cantora e que incluiu diversas canções de sua discografia.

Antecedentes e desenvolvimento

Nós meio que tivemos sessões psicanalíticas quando escrevíamos músicas. Nós sentávamos e começávamos a falar sobre situações. E então começávamos a falar sobre questões, problemas ou relacionamentos com pessoas. Essa era a única maneira, porque escrever canções junto com alguém é muito íntimo. Então, nós tínhamos que encontrar um lugar para começar a falar sobre algo com o qual nos importávamos, assim poderíamos escrever sobre algo com o qual nos importávamos.

—Madonna falando com a Interview sobre as sessões de composição de "4 Minutes".[1]

Após concluir as atividades promocionais de seu décimo disco, Confessions on a Dance Floor (2005), Madonna queria gravar mais músicas dançantes.[2] Quando questionada pelo produtor musical Stuart Price, seu principal parceiro no trabalho anterior, que tipo de música lhe agradava, a cantora respondeu adorar os trabalhos de Justin Timberlake e Timbaland, então decidiu colaborar com eles.[2] Timberlake e Timbaland foram alguns dos vários produtores e artistas conhecidos selecionados para trabalhar com Madonna em seu décimo primeiro álbum, em oposição aos seus projetos anteriores, que contaram com parceiros menos relativamente conhecidos. Em entrevista com a MTV, ela explicou sua decisão de trabalhar com profissionais mais conhecidos: "Porque eles são bons, e eu gosto dos trabalhos deles. (...) Quero dizer, eu não gosto de me repetir, e eu estava sentada pensando, 'Que tipo de música eu amo nesse momento?' E era o álbum FutureSex/LoveSounds [de Timberlake]. (...) Eu estava o ouvindo obsessivamente".[3]

Para a MTV, Timbaland disse que ele e Timberlake desenvolveram dez canções para Madonna e comparou o material produzido com "Lucky Star", uma das primeiras da artista, e com "Ugly", de Bubba Sparxxx, descrevendo o álbum como "'Holiday' com um groove R&B".[4] Das dez faixas elaboradas, cinco fizeram parte do produto final, Hard Candy (2008), nomeadamente "4 Minutes", "Miles Away", "Dance 2Night", "Devil Wouldn't Recognize You" e "Voices".[5] "4 Minutes" foi composta e produzida por Timbaland, Timberlake e Danja e foi uma das últimas a ser produzidas para o disco, tendo recebido o título provisório de "4 Minutes to Save the World".[5][1][6] Em entrevista com a mesma emissora, a intérprete disse que o conceito da canção foi discutido através de discussões com Timberlake e explicou mais detalhadamente o significado da faixa:[7]

Sobre a colaboração com Timberlake, a cantora comentou para a Rolling Stone: "Eu gosto do fraseado dele quando ele escreve músicas. Gosto da abordagem dele. Ele é divertido, mas ao mesmo tempo muito profissional". Ele, por sua vez, disse: "Nós viemos juntos dos vales [trabalhando] e terminamos no topo das montanhas".[8] Madonna esclareceu que sua idade não estava relacionada ao senso de urgência refletido na faixa; em vez disso, era apenas algo que ela tinha em mente por um bom tempo e, com "4 Minutes", esse senso infiltrou-se em sua música.[2] Ingrid Sischy, da revista Interview, disse que a canção parecia uma balada para o mundo, contendo "os sons de uma grande banda marcial. É uma canção dançante gigante".[1] Madonna concordou com Sischy e respondeu que a faixa era "um paradoxo divertido, como se estivéssemos dizendo, 'Estamos ficando sem tempo. Pessoal, acordem'", e serviu como uma das inspirações por trás de seu documentário I Am Because We Are (2008), que trata do sofrimento humano e escassez de alimentos que atinge a nação africana do Malauí, região visitada por Madonna em 2007.[1]

En otros idiomas
azərbaycanca: 4 Minutes
català: 4 Minutes
čeština: 4 Minutes
Ελληνικά: 4 Minutes
English: 4 Minutes
español: 4 Minutes
suomi: 4 Minutes
עברית: 4 Minutes
hrvatski: 4 Minutes
Bahasa Indonesia: 4 Minutes
italiano: 4 Minutes
ქართული: 4 Minutes (სიმღერა)
latviešu: 4 Minutes
Nederlands: 4 Minutes
polski: 4 Minutes
română: 4 Minutes
русский: 4 Minutes
slovenščina: 4 Minutes
shqip: 4 minutes
svenska: 4 Minutes
Türkçe: 4 Minutes
українська: 4 Minutes